Pastoral juvenil escolhe `quinzena vocacional” para lançar iniciativa

No próximo Sábado, dia 21 de Abril, pelas 10h00 na paróquia dos Flamengos, inicia-se o primeiro encontro de Pré-Seminário na ilha do Faial, informa uma nota enviada ao sítio Igreja Açores pela pastoral juvenil da ilha.

Esta iniciativa pretende reunir adolescentes e jovens “em discernimento vocacional, apresentando a vocação sacerdotal e acompanhando aqueles que possam sentir este chamamento”, sublinha a nota.

Este será o primeiro de vários encontros que serão realizados ao longo deste ano.

Neste sentido, a Ouvidoria da Horta pretende “sensibilizar os jovens para a questão vocacional e acompanhar de uma forma melhor aqueles que se sintam chamados ao sacerdócio”.

Lembre-se que o último sacerdote ordenado, proveniente da ilha do Faial, foi em 2013. Neste momento, não há nenhum seminarista faialense.

A iniciativa decorre integrada na Semana de Oração pelas Vocações, que nos Açores assume a duração de uma quinzena.

O guião nacional, produzido pela Diocese de Bragança-Miranda, é um convite à “felicidade dos jovens” a partir do tema “Escutar, discernir, viver a chamada do Senhor”

O Papa na sua mensagem explica que «escuta, discernimento e vida» “servem de moldura também ao início da missão de Jesus”.

“Passados os quarenta dias de oração e luta no deserto, visita a sua sinagoga de Nazaré e, aqui, põe-Se à escuta da Palavra, discerne o conteúdo da missão que o Pai Lhe confia e anuncia que veio realizá-la «hoje» (cf. Lc 4, 16-21)”, exemplificou Francisco.

Escutar: “Não poderemos descobrir a chamada especial e pessoal que Deus pensou para nós, se ficarmos fechados em nós mesmos, nos nossos hábitos e na apatia de quem desperdiça a sua vida no círculo restrito do próprio eu, perdendo a oportunidade de sonhar em grande e tornar-se protagonista daquela história única e original que Deus quer escrever connosco.

Discernir: “Também hoje temos grande necessidade do discernimento e da profecia, de superar as tentações da ideologia e do fatalismo e de descobrir, no relacionamento com o Senhor, os lugares, instrumentos e situações através dos quais Ele nos chama. Todo o cristão deveria poder desenvolver a capacidade de «ler por dentro» a vida e individuar onde e para quê o está a chamar o Senhor a fim de ser continuador da sua missão.”

Viver: “ A vocação é hoje! A missão cristã é para o momento presente! E cada um de nós é chamado – à vida laical no matrimónio, à vida sacerdotal no ministério ordenado, ou à vida de especial consagração – para se tornar testemunha do Senhor, aqui e agora.”

O 55.º Dia Mundial de Oração pelas Vocações celebra-se a 22 de abril, o 4.º Domingo da Páscoa.

Para viver a semana, que começa já no domingo dia 15, foi preparado um guião nacional que inclui a mensagem do Papa Francisco, uma proposta de rosário vocacional e de Lectio Divina, uma vigília de oração e catequeses destinadas às crianças e aos jovens.