Depois de uma passagem por Tui e Pontevedra, locais de aparição de Nossa Senhora a Lúcia, peregrinos insulares respondem ao desafio “Consolai o vosso Deus”

Trinta e um mensageiros do Movimento da Mensagem de Fátima (MMF) dos Açores estão desde ontem na Cova da Iria, para participar na 42ª Peregrinação nacional do Movimento que este ano tem como tema “Consolai o vosso Deus”.

Depois de uma passagem por Tui e Pontevedra, locais da aparição de Nossa Senhora a Lúcia de Jesus, em Espanha, os mensageiros açorianos respondem ao desafio nacional  inspirado no centenário da morte de São Francisco Marto, um dos videntes cuja maior preocupação, a partir do que nos é relatado por Lúcia, sua prima, nas memórias, era consolar a Deus, passando horas em frente ao Sacrário, a “fazer companhia ao Jesus escondido”.

A peregrinação do movimento vai estrear o seu hino cuja música é da autoria da pianista Leonor Cadete e a letra do Pe. João Paulo Quelhas, capelão do Santuário de Fátima.

“Esta á correr tudo muito bem e tem sido muito revigorante” disse ao Igreja Açores o responsável pelo Secretariado Diocesano do MMF, Nelson Gonçalves. Dos 31 mensageiros, 21 são da Terceira e 10 de São Miguel.

“Já estamos a preparar também a Peregrinação Nacional dos doentes, em setembro, e aí contamos trazer pessoas de São Jorge onde gostaríamos de abrir e dinamizar mais um núcleo” refere o dirigente.

A peregrinação Nacional decorre hoje e amanhã em Fátima, terminando com a participação na Eucaristia dominical que será presidida pelo cardeal D. António Marto, assistente nacional deste Movimento.

O Movimento da Mensagem de Fátima é uma associação pública de fiéis, com personalidade jurídica, ereta pela Conferência Episcopal Portuguesa, com caráter nacional e está presente em todas as dioceses do país.