Pelo P.e José Júlio Rocha.

De hoje em diante me chamarão bem-aventurada
todas as gerações. (Lucas 1, 48)
O “Magnificat”, cantado por Maria diante da sua prima Isabel, é um cântico visionário de esperança. O Deus que está para chegar à Terra derrubará os poderosos dos seus tronos e exaltará os humildes, aos famintos encherá de bens e aos ricos despedirá de mãos vazias.
Este cântico profetiza o Reino dos Céus que Jesus vai trazer, um Reino de Paz e Justiça.
Que o Natal traga, às famílias e às nações, mais um pouco de paz.