Pelo Pe José Júlio Rocha.

«Até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Portanto, não temais». (Mateus 10, 30-31)
Jesus volta a convidar-nos à confiança na Providência e a não temer.
De facto, vivemos numa sociedade de medos: medo do nosso passado, que nos traumatiza, medo do que os outros pensam ou dizem de nós, medo de nós mesmos, medo do amanhã, medo da morte e do nada.
O medo é o maior inimigo do amor.
Saibamos viver hoje, sem o ressentimento do ontem nem a angústia do amanhã. Só hoje, só aqui, só agora podemos ser felizes.