Foto: Equipas de Nossa Senhora

Encontro anual das Equipas de Nossa Senhora em Angra realiza-se a 21 e 22 de janeiro

“O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca”, do livro O Principezinho de Antoine de Saint-Exupéry, deu mote ao Encontro Anual das Equipas de Nossa Senhora do sector açores Centro, que se realizou este fim de semana no salão do Seminário Episcopal de Angra, informa uma nota enviada ao Igreja Açores.

O encontro, que reuniu mais de meia centena de casais, decorreu durante a tarde de sábado e a manhã de domingo e foi orientado pelos padres Igor Oliveira e Pedro Carvalho. Contou com conferências, dinâmicas em casal, momentos de oração e adoração ao Santíssimo e terminou com uma Eucaristia.

“Penso que estamos a entrar numa nova fase em que as Equipas estão a procurar novos casais e estamos a tentar formar uma nova equipa” afirmou ao Igreja Açores Andreia Rocha do casal responsável pelo Sector Açores Centro.

“Através de reuniões mais reduzidas e até mais intimistas procuramos testemunhar em casal o bem que esta espiritualidade nos traz e daí conseguirmos contagiar outros casais, entusiasmando-os” disse ainda a responsável.

O Movimento das Equipas de Nossa Senhora, é um movimento de espiritualidade conjugal, que está nos Açores há mais de 60 anos.

Atualmente possui 21 equipas em Angra e cinco em São Miguel, estando em pilotagem, durante um ano, duas equipas jovens em São Miguel (Ribeira Grande 4 e Vila Franca 1) e uma na Terceira (Angra 27).

A “pilotagem” corresponde a um ano de caminho, juntamente com um casal mais velho onde se aprende a espiritualidade de base do movimento e a sua metodologia.

Fundado pelo padre Henri Caffarel, cujo processo de beatificação está a correr em Roma, o Movimentos das Equipas de Nossa Senhora é um projeto de espiritualidade conjugal para “ajudar os casais a caminhar na santidade”, anunciando ao mundo os valores do casamento cristão pela palavra e pelo testemunho de vida, assumindo-se como uma verdadeira escola de formação para casais cristãos unidos pelo sacramento do Matrimónio.

Está atualmente presente em 92 países dos vários continentes, integrando um total de 135 mil membros.

Apesar de não ser um movimento mariano, as ENS recebem o nome de Maria, colocando-se sob sua protecção.

As Equipas são constituídas por um número indicativo de 5 a 7 casais e um sacerdote, designado Conselheiro Espiritual. Reúnem-se mensalmente num encontro de oração, partilha e estudo de um tema de formação cristã, para se entreajudarem numa caminhada com Cristo.

Este ano, o tema internacional, tem como ênfase “Servir à imitação de Maria”.