Número diz respeito às celebrações na Basílica e na Praça de São Pedro

A Santa Sé revelou hoje que cerca de quatro milhões de pessoas (3.952.140) estiveram com o Papa no Vaticano, em diversas celebrações e encontros, ao longo de 2016.

Os dados divulgados pela Prefeitura da Casa Pontifícia, e veiculados pela Rádio Vaticano, referem-se às audiências públicas de quarta-feira, audiências especiais, oração do ângelus e ‘regina coeli’, celebrações litúrgicas na Basílica e na Praça de São Pedro.

Dizem ainda respeito às 11 audiências jubilares que Francisco promoveu no âmbito do Ano Santo da Misericórdia.

A Santa Sé realça que estes são números “aproximados, calculados com base nas solicitações que chegam à Prefeitura para participar em eventos, nos bilhetes que foram distribuídos gratuitamente, e em “estimativas das presenças” nas celebrações da Praça de São Pedro.

De acordo com o Vaticano, o período de maior afluência de visitantes e peregrinos registou-se nos meses de março, com a Semana Santa, e em setembro, durante a canonização de Santa Madre Teresa de Calcutá.

balanço hoje publicado não inclui as atividades do Papa Francisco fora do Vaticano, quer em Itália quer no plano internacional.

Ao longo de 2016, Francisco promoveu várias visitas à Diocese de Roma e a outras regiões italianas, como Assis onde esteve por duas vezes.

Realizou ainda viagens apostólicas a diversos países, como o México, a Arménia, a Polónia, a Geórgia, o Azerbaijão e a Suécia, e deslocou-se à ilha grega de Lesbos, para estar com pessoas em situação de refugiadas.

Recorde-se que, antes da viagem ao México, o Papa argentino fez também uma escala em Cuba onde se encontrou com o patriarca ortodoxo de Moscovo, Cirilo.

De acordo com os dados estatísticos divulgados pela Santa Sé, em 2015 as cerimónias no Vaticano contaram com a presença de cerca de 3,2 milhões de pessoas, enquanto em 2014 foram perto de 6 milhões.

(Com Ecclesia e Lusa)