Paróquia de Santa Antão em festa num dos seus lugares de culto, em São Jorge

O Bom Jesus do Cruzal, em Santo Antão, na ilha de São Jorge, é uma das festas que este fim de semana anima a ilha prestando homenagem ao Senhor Bom Jesus.

Entre os dias 31 de julho e 4 de agosto, jorgenses de toda a ilha participam nesta festa que surgiu como uma forma de obviar a impossibilidade de rumarem até à ilha vizinha do Pico para celebrar o Senhor Bom Jesus Milagroso.

Reza a história que um cristão local terá comprado uma imagem do Senhor Bom Jesus,  para a igreja que existia na Fajã de Entre Ribeiras, localizada na encosta norte desta freguesia jorgense. O templo, quase cem anos depois de ter sido erguido foi destruído pelo sismo de 1980, e a imagem do Senhor Bom Jesus, que não ficou destruída,  foi guardada para ser colocada numa nova igreja, o que aconteceu em 1988. Desde então a festa do Bom Jesus do Cruzal tem-se realizado todos os anos, no primeiro fim de semana de agosto.

Os festejos começam amanhã, dia 31 de julho, com terço e confissões, às 20h00, seguidos de missa e arraial. As celebrações serão presididas pelo Vigário Episcopal da Vigaraia do Ocidente, Pe. João Bettencourt das Neves. No domingo, dia 4 de agosto, a missa da festa será presidida pelo Núncio Apostólico da Santa Sé na Arménia e na Geórgia, D. José Avelino Bettencourt, jorgense e que se encontra de férias na ilha.

O lugar dos Cruzal é um dos quatro centros de culto da paróquia de Santo Antão.