Assistente diocesano diz que novos manuais estarão prontos no novo ano pastoral

A Diocese de Angra está apostada em reforçar o seu trabalho junto dos noivos católicos, para “mostrar a felicidade de viver em casal” disse ao Igreja Açores o assistente diocesano dos Cursos de Preparação para o Matrimónio (CPM) que já agendou para o dia 15 de setembro uma ação formativa para todas as equipas de casais para apresentação dos novos conteúdos e manuais, na Ribeira Grande, na ilha de São Miguel.

A reflexão que tem vindo a ser feita em ordem à reformulação de conteúdos, muitos deles objetivamente desadequados face à nova realidade dos casais que pedem este sacramento à Igreja, está a dar frutos e a diocese de Angra não quer perder esta oportunidade.

“Os novos manuais e conteúdos, que serão lançados no próximo ano pastoral têm em conta as novas situações da vida conjugal, o planeamento familiar, um maior envolvimento na preparação celebrativa na igreja, deixando, por outro lado, um maior espaço de manobra à criatividade das equipas formadoras do CPM, para orientarem os jovens casais”, disse o Pe. Vítor Medeiros.

“A metodologia é pô-los a namorar sobre as coisas, refletir com orientação mínima, deixar que cresçam e caminhem a preparar bem o projeto de vida que estão a abraçar”, disse ainda o sacerdote.

Muitos dos jovens casais que pedem este sacramento já vivem juntos, muitos deles até já têm filhos, mas querem agora celebrar este sacramento e esperam que a igreja os ajude a fazê-lo da melhor forma possível.

Nos últimos três anos e, depois de algum decréscimo, o número de jovens que tem regressado á igreja para pedir este sacramento tem aumentado, sobretudo nas duas maiores ilhas. Só na Terceira os dois turnos de CPM que habitualmente são organizados contam sempre com lotação esgotada reunindo mais de sete dezenas de casais.

Também em São Miguel o número de casais a pedir o sacramento do matrimónio tem aumentado.