Projeto contempla todos os alunos, do primeiro ciclo ao secundário

O coordenador do Departamento do Ensino Religioso Escolar do Secretariado Nacional de Educação Cristã afirmou à Agência ECCLESIA que os alunos de Educação Moral e Religiosa Católica vão ter novos manuais “no início do próximo ano lectivo”.

“Temos um despacho ministerial que nos autoriza que todos os manuais escolares [da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, ndr] sejam adotados no início do próximo ano lectivo”, disse Fernando Moita, coordenador do Departamento de Ensino Religioso Escolar (DERC).

Os novos manuais de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) foram apresentados no Fórum da disciplina que decorreu este sábado e domingo em Fátima e têm o objetivo de ser “um instrumento de aprendizagem e de educação” e de “ligaçãoo “escola família”, referiu Fernando Moita.

Para Cristina Sá Carvalho, coordenadora geral da elaboração dos novos manuais de EMRC, os livros agora apresentados refletem o “que é hoje a criança e o adolescente no mundo”

“São certamente os seres humanos mais prejudicados pela crise a nível mundial. E pelo menos na escola, as crianças e adolescentes têm de encontrar nos professores e no ambiente do dia-a-dia, em todas as disciplinas, o acolhimento, o abrir-se contra o mal que a sociedade não consegue oferecer”, afirmou a coordenadora Departamento de Edições e Formação do Secretariado Nacional de Educação Cristã (SNEC).

Para Cristina Sá Carvalho, a disciplina de EMRC têm de desenvolver na escola uma “pedagogia cooperativa” e uma “pastoral do acolhimento”, a partir das ferramentas propostas pelos novos manuais.

“Nós temos crianças e adolescentes em todas as circunstâncias familiares, sociais e religiosas nas nossas aulas. E tivemos a preocupação de que os manuais refletissem todas essas condições humanas e usassem linguagens que são do adulto que ensina olhando nos olhos, compreendendo, amando”, sublinhou

Cristina Sá Carvalho considera que na escola “não chega ser professor, é preciso ser educador”.

Os novos manuais de EMRC foram distribuídos a 400 professores no fórum da disciplina e chegarão aos alunos através dos serviços e livrarias de cada diocese.

CR/Ecclesia