Natural do Faial tinha 78 anos e residia em Pawtucket, nos EUA.

Faleceu no passado dia 12 de maio, em Pawtucket, o Pe Reinaldo Cardoso, natural da ilha do Faial da Terra, concelho da Povoação, na ilha de São Miguel.

O sacerdote que vivia fora da região desde 1963 estudou no Seminário Episcopal de Angra e foi ordenado sacerdote na Diocese de Angra em junho de 1960, pelo Bispo D. Afonso Carvalho.

 

O Pe Reinaldo Cardoso residia nos Estados Unidos desde 1973 depois de ter estado uma década em missão em Timor Leste onde foi secretário e chanceler da Cúria na Diocese de Dili, cumprindo missões sucessivas entre 63 e 73 nas províncias timorenses de Bobanaro e Suai. Além de sacerdote, foi também professor no Seminário de Dili e desenvolveu vários esforços no sentido da libertação do Povo timorense que durante mais de uma década viveu sob anexação indonésia, até maio de 2002.

 

Em 1973 partiu para os Estados Unidos e aí ocupou várias paróquias, tendo começado pela de Nossa Senhora do Rosário em Providence, cargo que ocupou em acumulação com  a capelania do Hospital de Rhode Islands.

 

Nessa altura, frequentou a East Providence College onde obteve um “master” em educação.

 

Incardinou na Diocese de Providence em 1983 e foi nomeado responsável pela Igreja de Santo António, em Pawtucket, onde reside uma importante comunidade açoriana, especialmente natural das ilhas do Grupo Central, cargo que desempenhou até 2004.

 

Em 2006 aposentou-se e residia atualmente na Jeanne Jugan Residence em Pawtucket.

 

Durante esta tarde foi celebrada uma missa  na Igreja de Santo António. Os restos mortais do sacerdote açoriano ficaram depositados no cemitério de East Providence.