O Secretariado Nacional das Comunicações Sociais e a Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal promovem entre hoje e amanhã uma nova edição das Jornadas de Comunicação, dedicadas ao tema “O impacto da imagem”.

Na abertura dos trabalhos, o presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais, D. João Lavrador, assumiu que a Igreja “se depara com uma dupla interpelação, seja na utilização cada vez mais criteriosa das redes digitais, seja no diálogo que deve estabelecer, para que estas se tornem veículo de comunhão e de fraternidade, promotoras de uma humanidade onde não haja lugar à exclusão e à marginalização”.

“Tudo o que se possa afirmar acerca da importância das redes sociais, como novos areópagos, orienta-se para a sua utilização para evangelizar de forma adequada na cultura denominada de digital e das novas tecnologias”, observou o bispo de Angra.

Para D. João Lavrador, não se trata de “utilizar, mas de estar nesta cultura para a fermentar com o Evangelho e a tornar verdadeiramente humana”.

O responsável desafiou todos os comunicadores a propor os “valores da comunhão, da verdade, da justiça, do amor e da paz”.

A conferência inicial, ‘Imagem – Um canal de comunicação com o homem da era digital’, esteve a cargo de monsenhor Lucio Adrian Ruiz, secretário do Dicastério para a Comunicação (Santa Sé).

O colaborador do Papa destacou a importância da “clareza e identidade” da mensagem, com “capacidade e qualidade na sua transmissão”.

“O mundo digital não é um instrumento para usar, mas sim um lugar para habitar”, assinalou o convidado.

A iniciativa, que decorre na ‘Domus Carmeli’, em Fátima, integra pelo segundo ano consecutivo as Jornadas Nacionais de Comunicação Social, promovidas pelo Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, e as IV Jornadas de Comunicação Digital, promovidas pela Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal.

O programa inclui reflexões sobre os desafios da comunicação da Igreja aos jovens, estratégias de comunicação de eventos, marcas e pessoas e como usar o Instagram na comunicação de uma instituição eclesial.

Na tarde de hoje, o primeiro painel debate sobre ‘Comunicar um evento, um produto, uma pessoa, com a participação de Ricardo Florêncio, responsável da comunicação do Rock in Rio, e de Fábio Lopes, conhecido como Conguito, locutor na Rádio Mega Hits.

‘Comunicar na era da convergência multimédia’ e ‘Comunicar no Instagram’ são os temas que encerram o primeiro dia de trabalhos.

A sexta-feira começa com uma conferência sobre ‘Instagram: a influência e o poder da imagem – Estratégias e Práticas’, por Paulo Salgado, docente da Universidade do Minho, antes da elaboração das conclusões.

Acrescentando uma vertente mais prática às Jornadas, o programa prevê, na tarde de sexta-feira, 27 de setembro, dois workshops sobre Design de comunicação de eventos (cartazes, posts para várias Redes Sociais) e captação e elaboração de pequenos vídeos institucionais, breves declarações ou entrevistas.

(Com Ecclesia)