Encontro realiza-se a 15 e 16 de julho

O Serviço Diocesano de Liturgia está a preparar a III peregrinação de acólitos que se realiza na ilha do Faial entre os dias 15 e 16 de julho, disse esta sexta feira ao Sítio Igreja Açores o responsável, Pe Marco Luciano.

Este ano, a peregrinação conta já com inscrições das ilhas do Faial, Pico, São Jorge, Terceira e São Miguel e os organizadores esperam que “o número de participantes possa crescer como tem vindo a acontecer”.

“A nossa intenção é que a realidade diocesana, que é dispersa, possa ser retratada neste encontro onde participe um grande número de ouvidorias”, disse o Pe Marco Luciano.

“Temos esta graça e temos de a aproveitar, porque os acólitos são muito importantes, sublinha o sacerdote lembrando que “é através da liturgia e da vivência da Fé que se despertam vocações dentro da igreja”.

“Isto é muito importante e é válido para rapazes e raparigas pois todos nós somos chamados a viver um papel na igreja e, o acólito, sendo um ministrante, que está ao serviço tem de perceber efetivamente qual é a sua missão”.

Esta terceira peregrinação vai ter lugar no Faial e as paróquias envolvidas já estão a trabalhar no terreno. O ano passado a peregrinação aconteceu nos Mosteiros, em São Miguel.

Uma centena de jovens, entre os 10 e os 30 anos, participou no II Encontro Diocesano de Acólitos, em Agosto.

O encontro de “formação” teve como tema central a vivência da Alegria do Evangelho, na sequência das propostas feitas pelo Papa Francisco na Exortação Apostólica do inicio do pontificado, e foi ministrada pelo Diretor do Serviço Diocesano para a Liturgia, Pe Marco Luciano e pelo pároco dos Mosteiros, Pe Marco Sérgio Tavares.

O primeiro encontro tinha decorrido no Pico. O facto da Diocese de Angra ser geograficamente dispersa “implica que tenhamos de fazer este esforço de formação continua levando-a a cada uma das ilhas pois as deslocações ainda têm um custo elevado”, remata o responsável diocesano pela pastoral litúrgica.