Câmara Municipal e Governo elogiam apoio aos mais desfavorecidos.

A Irmandade das Festas da Caridade acaba de inaugurar a sua sede em Rabo de Peixe, na ilha de São Miguel, que integra também um apartamento para alojamento temporário e apoio a emigrantes.

 

A nova estrutura resulta da conjugação de vontades entre entidades públicas e privadas entre as quais se destaca o esfoço financeiro dos emigrantes. Um contributo que, de resto, foi sublinhado pelo Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande que, juntamente com o Secretário Regional do Turismo, presidiu à cerimónia.

 

A sede, que conta com uma exposição permanente alusiva às Festas do Divino Espírito Santo, bem como com um painel com os nomes dos vários mordomos que têm contribuído para a preservação deste culto e desta festa, “é uma obra que relembra o passado e projeta o futuro”, disse o responsável pela autarquia, Alexandre Gaudêncio.

 

Do lado do executivo regional, Vitor Fraga destacou este empreendimento como um sinal “do caminho da cooperação” entre entidades públicas e privadas, como sendo “a melhor resposta” aos problemas que as nossas sociedades enfrentam.

 

A Casa do Divino Espírito Santo da Bandeira da Beneficência da Associação Irmandade da Festa, na vila de Rabo de Peixe, contou, ainda com a presença de vários emigrantes açorianos residentes nos Estados Unidos e no Canadá, que regressaram “a casa” para celebrar as Festas em honra da terceira Pessoa da Santíssima Trindade.