11 presbíteros diocesanos celebram no dia 8 a festa jubilar da sua ordenação

Onze sacerdotes da diocese de Angra celebram no próximo dia 8 de junho, na igreja Matriz de Ponta Delgada, a festa do seu jubileu sacerdotal.  Sete comemoram 60 anos de ordenação; dois completam 50 anos e outros dois 25.

A festa que será presidida pelo bispo de Angra, D. João Lavrador, realiza-se no dia do Sagrado Coração de Jesus, como é habitual.

“É um momento de ação de graças individual e comunitária, que cada um celebrará junto da sua comunidade mas é também um momento da  igreja diocesana  ter a consciência da grande graça que lhe é concedida”, refere o bispo de Angra.

“Ao fazerem esta data jubilar isso constitui um grande dom de Deus para eles, pela sua vida, pelo seu ministério, pela sua fidelidade mas é também uma grande graça concedida  à igreja, sobretudo à diocesana onde servem” acrescentou D. João Lavrador.

Por isso, “é um dever para a igreja diocesana agradecer o seu serviço, a sua dedicação e tudo o que realizam na diocese”, precisou sublinhando que este momento de festa inicia “uma nova fase da vida” pelo que pede a todos os diocesanos que continuem a rezar por estes sacerdotes para que “o Senhor os continue a fortalecer para que eles continuem a ter a força para prosseguir a evangelização num tempo tão difícil mas tão desafiante”, disse ainda o prelado em declarações ao Igreja Açores.

Entre os sacerdotes que celebram 60 anos da sua ordenação sacerdotal estão Monsenhor Weber Machado Pereira, natural de Água Retorta e um dos sacerdotes mais carismáticos da ilha de São Miguel, pela sua intervenção na pastoral social a que dedicou uma vida inteira sendo um dos rostos da Cáritas; Monsenhor António da Luz, natural de Santo António, na ilha de São Miguel e um dos sacerdotes que mais tempo lecionou no Seminário Episcopal de Angra e que viveu em Roma em pleno tempo do Concilio Vaticano II.  Completam igualmente 60 anos de ordenação sacerdotal os padres Silvino Amaral, natural da Povoação, na ilha de São Miguel e assistente diocesano da Ação Católica Rural e dinamizador de vários grupos Biblicos; David Botelho do Couto, natural de Santo António além Capelas; Eduardo do Couto Resendes, natural do Faial da Terra, também na ilha de São Miguel; Horácio Noronha, natural do Topo, na ilha de São Jorge e Libório Cunha Tavares, natural de Rabo Peixe e residente em Toronto, no Canadá.

Neste festa jubilar, os padres João Luciano Rodrigues, de Ponta Graça, na ouvidoria de Vila Franca do Campo e João de Brito da Silva Costa, natural das Doze Ribeiras, na ilha Terceira celebram 50 anos de ordenação sacerdotal. Foram ordenados em junho de 1968.

Já os padres Emanuel Valadão Vaz, da Vila Nova, na ilha Terceira e Leonardo Baganha Cabral, de Água de Pau, na ilha de São Miguel, celebram as suas bodas de prata, completando 25 anos de sacerdócio.