Sacerdotes, até agora responsáveis, ficam como assistentes

Um casal e três leigos são chamados à direção de quatro serviços diocesanos na sequência das nomeações feitas pelo bispo de Angra para o próximo ano pastoral, que tem inicio  depois do verão.

De acordo com o Decreto que estabelece as nomeações para a diocese de Angra, assinado por D. João Lavrador a 25 de julho, Manuel Francisco Tavares de Sousa e Sílvia Fonseca e Sousa, que integravam o Secretariado Diocesano da família, vão ser o casal responsável pelo  Serviço Diocesano da Pastoral Familiar e Laicado; Vitória Furtado, até agora responsável pelo Projecto São Lucas em São José, é nomeada diretora do Serviço Diocesano da Pastoral Social e Rute Dias Gregório nomeada diretora do Serviço Diocesano dos Bens Culturais da Igreja, até agora dirigido por João Paulo Constância. Outra das novidades é a constituição da Direção Diocesana da Associação dos Médicos Católicos Portugueses que passa a ser liderada pela médica Maria Luísa Gomes.

Os sacerdotes que agora lideravam estes serviços, nomeadamente o Cónego José Medeiros Constância (Pastoral familiar) e o  Pe. Duarte Melo (Pastoral social)  continuam a integrar estes serviços como assistentes. Para fazer o acompanhamento da nova Associação de Médicos Católicos é nomeado como assistente o capelão do Hospital do Santo Espirito, em Angra do Heroísmo, Cónego Manuel Carlos Sousa e para assistir a Comissão Diocesana dos Bens Culturais da Igreja é nomeado o Cónego Adriano Borges que, por ser Reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, é também  nomeado, por inerência do cargo, presidente do Conselho dos Assuntos Económicos do Santuário do Senhor Santo Cristo em Ponta Delgada.

No que respeita aos serviços diocesanos o destaque vai também para a nomeação do mais jovem sacerdote diocesano, o recém ordenado Pe. Jacob Vasconcelos, como diretor do Serviço Diocesano de Evangelização, Catequese e Missão, substituindo o Cónego Ângelo Valadão, Vigário Episcopal para a Formação e que havia ocupado este serviço apenas por um ano. O novo sacerdote vai ainda desempenhar o cargo de Secretário do Bispo Diocesano, Capelão das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição na Comunidade de Santa Clara e colaborador da paróquia da Ribeirinha, na ilha Terceira.

Das novidades destas nomeações para serviços e organismos diocesanos, destaque ainda para a nomeação do Cónego José Medeiros  Constância como  Vice-reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres em Ponta Delgada e Diretor do Instituto Católico de Cultura.

Os Padres Luís Silva e José Francisco Sousa são também nomeados notário do Tribunal Eclesiástico e Vice-chanceler da Cúria Diocesana, respetivamente. O Pe. Luís Silva, que está na Terceira, depois de ter servido em São Jorge, é ainda nomeado assistente diocesano do Movimento dos Cursilhos de Cristandade, substituindo o Pe Marcos Miranda. Já o Pe. José Francisco Sousa é nomeado Capelão da Casa Provincial das Irmãs Franciscanas em Angra, por 3 anos.

No Serviço Diocesano de Liturgia e no Serviço Diocesano da Pastoral Escolar foram reconduzidos os padres Marco Luciano Carvalho e Adriano Borges, respetivamente. Foram igualmente reconduzidos no Serviço da Pastoral das Comunicações Sociais, o cónego Ricardo Henriques; no Serviço da Pastoral Universitária o Pe. Paulo Vieira, sacerdote da Congregação dos Padres do Coração de Jesus; o cónego Jacinto Bento como diretor do Serviço Diocesano para a Mobilidade Humana;  o Pe. Hélder Miranda Alexandre como diretor do Serviço Diocesano da Pastoral das Vocações e Ministérios; o Pe. Norberto Brum como diretor Serviço da Pastoral Juvenil; o Pe. Paulo Borges como Presidente da Comissão Diocesana da Pastoral da Saúde e o Pe. Duarte Manuel Gonçalves da Rosa como Presidente da Comissão Diocesana de Música Sacra e Mestre-de-cerimónias da Catedral. Este sacerdote foi igualmente nomeado Vigário paroquial da Sé para a Liturgia. Refira-se ainda que o Pe. Hélio Soares, pároco nas Capelas, foi nomeado Assistente Adjunto da Comissão Diocesana dos Bens Culturais da Igreja e o Pe Marco Sérgio Tavares, ouvidor adjunto de Ponta Delgada e pároco nos Mosteiros, assistente da Comissão Diocesana de Acólitos.

Ainda no que respeita aos organismos diocesanos destaque para as nomeações de Paulina Lima Oliveira, Adriano Rosa, Jorge Manuel Ávila, Manuel Sequeira e Luís Anselmo como vogais do Conselho Diocesano para os Assuntos Económicos.

António Bolieiro, Aldina Gamboa, António José Ferreira e José António Gomes foram, por seu lado, nomeados vogais do Conselho para os Assuntos Económicos do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres em Ponta Delgada.