40 pessoas participam em “retiro andante”

Cerca de 40 pessoas, entre adultos, jovens e adolescentes, estão a participar há dois dias num “retiro andante” percorrendo a ilha das Flores a pé rezando e meditando, informa uma nota da ouvidoria da ilha das Flores, promotora desta iniciativa.

Estes “peregrinos da misericórdia” são oriundos de praticamente todas as paróquias da ilha.

Passam em todas as Igrejas e rezam pelas mais variadas intenções, havendo momentos para a meditação e reflexão.

“O retiro andante está a ser vivido com entusiasmo e alegria pelos participantes, apesar do cansaço e do mau tempo que se faz sentir” refere a nota que sublinha o “bom acolhimento” que tem sido dado ao grupo pelas paróquias que organizam as refeições e as pernoitas

“Neste percurso de oração, estas pessoas procuram aprofundar a sua espiritualidade e, por outro lado, quem os acolhe pode experimentar a realização de mais uma obra de misericórdia”, refere o ouvidor Pe Ruben Sousa na nota enviada ao Sítio Igreja Açores.

Esta iniciativa ocorre no tempo pascal e portanto “não tem qualquer paralelo com as romarias feitas noutras ilhas” refere o sacerdote, embora os “peregrinos da misericórdia” também tenham um lenço (vermelho), um terço e um bordão.

“Como Jesus queremos ser misericordiosos e espalhar o amor fraterno para renovar o mundo” destaca ainda o Pe Ruben Sousa.

A iniciativa termina esta segunda feira.