Igreja foi parcialmente destruída pelo sismo de 98

A igreja da Praia do Almoxarife, que tem como padroeira Nossa Senhora da Graça, assinala esta sexta-feira, dia 21 de agosto, 10 anos da sua reabertura, informa uma nota da paróquia enviada ao Sítio Igreja Açores.

Depois do sismo de 1998, que afetou as ilhas de Faial e Pico, o templo esteve temporariamente encerrado e foi alvo de obras estruturantes.

A 21 de agosto de 2005, a igreja foi reaberta ao público numa cerimónia  que contou com a presença do Bispo de Angra, D. António de Sousa Braga, para a dedicação do templo. Na altura eram párocos in solidum Pe Hélder Miranda Alexandra, atual reitor do Seminário Episcopal de Angra e Diretor Diocesano da Pastoral Vocacional e o Pe Davide Barcelos, e ouvidor das Flores e pároco das paróquias dos Milagres e da Saúde, nos Arrifes, ilha de São Miguel.

Passados 10 anos, a paróquia decidiu assinalar a data com comemorações que se vão estender pelo próximo ano.

De acordo com o paróco João Ponte o tema das comemorações será “Edificados e Consagrados na Misericórdia da Casa de Deus”.

Com esta celebração, é objetivo da paróquia “chamar atenção de toda a comunidade para o templo e a sua importância, com uma clara alusão ao Ano da Misericórdia”,  que começará no próximo dia 8 de dezembro.

Esta sexta-feira será celebrada uma Eucaristia pelas 20h00, que será precedida de uma procissão que sairá do Império da Trindade – à semelhança do que aconteceu há dez anos – e à qual se seguirá um convívio no exterior do templo.

(Com a colaboração de Leonarda Dias, no Faial)