Quatro empresas apresentaram propostas para a construção.

Já está a decorrer o período para análise das propostas para a construção da Igreja dos Flamengos, na ilha do Faial, abertas na passada sexta feira, apurou o Portal junto de fonte da Ouvidoria do Faial.

As quatro empresas convidadas pelo Conselho Económico da Paróquia dos Flamengos – Marques SA, AFA-AÇORES SA, Ediçor SA e Tecnovia Açores SA- apresentaram propostas para a construção da Igreja que foi destruída pelo sismo de 1998.

O processo está agora em fase de análise e a bênção da primeira pedra está prevista para o dia 29 de Junho, na Festa de São Pedro, Padroeira dos Flamengos.

Conselho económico da paróquia dos Flamengos

Conselho económico da paróquia dos Flamengos

O Conselho económico da paróquia dos Flamengos convidou diretamente estas quatro empresas de construção civil, por terem estaleiro a funcionar na ilha do Faial e darem garantias de que a obra prossegue num ritmo “normal”.

A Igreja dos Flamengos é a primeira de quatro Igrejas total ou parcialmente destruídas pelo sismo de 98, que afetou as ilhas do Faial, do Pico e de São Jorge, que finalmente, vão ser recuperadas graças a um protocolo assinado com o Governo regional dos Açores.

As obras das quatro igrejas estão orçadas em 8,6 milhões de euros e serão feitas de forma faseada, de dois em dois anos. A Região compromete-se a pagar 75% do empréstimo bancário e as paróquias avançam, cada uma, com os restantes 25%, sendo que os juros do capital serão pagos na íntegra pelo Governo nos primeiros dois terços do tempo de duração do financiamento.

A Igreja dos Flamengos foi a primeira a avançar, tratando-se da construção de uma igreja de raíz, orçada em 1,4 milhões de euros.