A Rádio Vaticano está a celebrar 90 anos de vida e vai lançar esta sexta-feira um novo projeto online, para levar mais longe a “voz do Papa para o mundo”.

Paolo Ruffini, prefeito do Dicastério para a Comunicação (Santa Sé), destaca em declarações ao portal ‘Vatican News’ a importância da emissora fundada por Pio XI, projetada e construída por Guilherme Marconi, que olha para o futuro sem perder a “originalidade e identidade”.

A Rádio Vaticano, assinala o responsável, destaca-se pelo “serviço à Igreja, ao Papa e ao homem onde quer que ele esteja, seja qual for a religião ou cultura a que pertença”.

A emissora está presente online, em 43 línguas, e teve 250 milhões de páginas lidas em 2020.

Esta sexta-feira é lançada uma Web Rádio (https://www.vaticannews.va/pt/epg.html) em italiano, francês, inglês, espanhol, português, alemão e arménio.

“Ao longo deste ano, serão criados quase 30 programas ao vivo, correspondentes ao mesmo número de idiomas, que podem ser ouvidos tanto no site da rádio ou através do atual aplicativo da Rádio Vaticano”, adianta a Santa Sé.

A Rádio Vaticano transmite via satélite, DAB+, digital terrestre, internet e em onda curta, para chegar às “periferias do mundo”.

(Com Ecclesia)