Francisco recebeu hoje os membros da Associação Italiana dos Professores de História da Igreja, que comemora 50 anos de existência

O Papa recebeu hoje em audiência no Vaticano um grupo de membros da Associação Italiana dos Professores de História da Igreja, e salientou a importância do contributo destes mestres para a sociedade.

“A história, estudada com paixão, pode e deve ensinar muito, nestes nossos dias tão conturbados e sedentos de verdade, paz e justiça”, disse esta manhã Francisco.

O encontro do Papa argentino com cerca de 60 membros da Associação dos Professores de História da Igreja decorreu na Sala do Consistório.

Estes docentes estão em Roma a participar num congresso integrado nos 50 anos da referida associação, subordinado ao tema “Atividades, Pesquisa, Divulgação: a história da Igreja pós-conciliar”.

“Através da história deveríamos aprender a refletir, com sabedoria e coragem, sobre os efeitos dramáticos e malignos das tantas guerras, que atormentaram o caminho do homem nesta Terra”, defendeu ainda Francisco, que destacou Cristo como aquele que trouxe ao caminho da humanidade “uma Palavra que muda por dentro”.

“A capacidade de entrever a presença de Cristo e o caminho da Igreja na história torna-nos humildes e livra-nos da tentação de nos refugiarmos no passado para evitar o presente”, sustentou o Papa.

(Com Ecclesia)