Pelo P.e José Júlio Rocha.

Ordenou-lhes que nada levassem para o caminho, a não ser um cajado: nem pão, nem alforge, nem dinheiro no cinto. (Marcos 6, 8)
O cristão deve ter um coração nómada. Isto significa que o ser é mais importante do que o ter.
Infelizmente somos constantemente convidados a ter, a ter mais e melhor, a comprar, o dinheiro é uma espécie de deus que cega e sossega o nosso coração.
Jesus não tinha onde reclinar a cabeça: foi sempre peregrino do Absoluto.
Sejamos também nós peregrinos na alma: não nos deixemos envenenar por este mundo.