Decreto das nomeações para o próximo ano pastoral foi assinado esta terça feira

O diácono Nelson Pereira, que será ordenado presbítero no próximo dia 1 de novembro, na Sé de Angra, celebrando a sua missa nova em São Mateus da Terceira no domingo dia 5, será o novo Vigário paroquial dos Flamengos e Matriz da Horta. A nomeação só terá necessariamente efeitos a partir da ordenação mas o futuro sacerdote ficará desde já a colaborar nesta ouvidoria “segundo o ministério diaconal” afirma o decreto das nomeações para o próximo ano pastoral.

Nelson Pereira de 23 anos foi finalista do Seminário e é o único seminarista da Terceira a frequentar a instituição. Organista titular da Sé de Angra é natural de São Mateus.

De entre as nomeações para o ano de 2017/2018 destaque para a ilha de São Miguel que sendo a maior, é também aquela que regista mais alterações.

O atual ouvidor da ilha das Flores, Pe Ruben Sousa, regressa a São Miguel sendo nomeado pároco da Maia e Porto Formoso e Vigário paroquial do Curato da Lombinha da Maia, na Ouvidora de Fenais de Vera Cruz.

Outra das novidades passa pelo fim da gestão in solidum das paróquias de Santa Clara e Lajedo em Ponta Delgada. Assim, D. João Lavador nomeou o Padre Marco Bettencourt Gomes como pároco de Santa Clara e Capelão de Clinica do Bom Jesus, acumulando com a paróquia da Fajã de Cima, em Ponta Delgada. O Padre Norberto Brum passa a Pároco de Nª. Sª. de Fátima no Lajedo, e Capelão da Casa de Saúde de Nª. Sª. da Conceição, também em Ponta Delgada. O Padre Nelson Vieira foi nomeado Vigário paroquial de São Pedro de Ponta Delgada, serviço que já desempenhava depois do regresso de Roma.

O Padre Francisco Melo foi nomeado colaborador do pároco de Santa Clara, acumulando com a capelania da Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada e o Padre Fernando Teixeira nomeado colaborador do pároco de Nª. Sª. de Fátima do Lajedo, acumulando com a direção da Obra do Padre Américo nos Açores. Refira-se que estes dois sacerdotes integravam a equipa in solidum das paróquias de Santa Clara e Lajedo.

Ainda em São Miguel, o Padre Manuel Galvão foi reconduzido como Capelão do Lar Augusto Cesar Ferreira Cabido e da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande. O Padre João Luciano Rodrigues foi dispensado do ofício pastoral, por limite de idade, ficando a colaborar livremente na ação pastoral.

Na ilha das Flores e com a saída do atual ouvidor, Pe Ruben Sousa, fica assegurada a manutenção da gestão in solidum das 10 paróquias com os padres Eurico Caetano, Pedro Aguiar e Agostinho Tavares, “em tempo experimental para incardinação” (termo que designa a incorporação na diocese)

Nas ilhas do Faial e da Terceira foram reconduzidos os sacerdotes Marco Luciano Carvalho como pároco da Matriz da Horta e Flamengos, Reitor e Capelão da Ordem de Nª. Sª. do Carmo no Faial, João Ponte como pároco de Nª. Sª. da Conceição e Praia do Almoxarife, Bruno Rodrigues como pároco de Cedros, Ribeirinha e Pedro Miguel e Paulo Silva como pároco das Angústias e Feteira.

Já na ilha Terceira o padre João Machado Pires  foi reconduzido como pároco de Altares e Raminho.