Jovens debatem necessidade de participação juvenil na vida quotidiana

O Movimento Encontros de Jovens Shalom (MEJSh) realizou nos dias 23 e 24 de setembro, em Santa Cruz da Lagoa, o “Mini-GE”,  (Um encontro de debate de tema proposto no Grande Encontro) subordinado ao tema “Sou Cristãos, sou Igreja em ação”, informa uma nota do movimento.

O MEJ Shalom, que está presente em Portugal (Lagoa, Ponta Delgada, Angra do Heroísmo, Braga, Castelo Branco, Lisboa, e Santarém) e no Brasil, tem como principal objetivo a evangelização dos Jovens pelos Jovens propondo um verdadeiro conhecimento de Cristo “que vive nos dias de hoje, nas zonas urbanas, presente também nas redes sociais e nas novas tecnologias, afirma a página do Movimento, que tem como ideal a Paz.

“Este encontro acontece devido à necessidade de partilha de vivências por parte dos participantes do Grande Encontro, que é uma atividade anual onde cada grupo do Movimento faz-se reapresentar por alguns elementos vindos de vários cantos do país e é vivido num ambiente de estudo, convívio, comunhão, troca de experiências, criatividade e alegria. Este ano teve como tema “Sou Cristão, sou Igreja em ação””, refere a nota.

A maneira de trabalhar do MEJ Shalom baseia-se justamente na Educação Libertadora, sintetizada na dinâmica de Acção-Reflexão-Acção, isto é, um agir comprometido e transformador da realidade e do sujeito da acção.

Assim, desde as reuniões aos cursos e encontros, o MEJ Shalom trabalha com as pessoas, partindo da realidade concreta e iluminando-a com a Palavra de Deus.

O símbolo do Processo do Movimento é a espiral. Uma espiral que sai da terra, da realidade, e tende para o infinito, onde Cristo Ressuscitado é o ponto culminante.