Cerimónias fúnebres decorrem na Igreja do Livramento

Faleceu esta quarta feira à noite, no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel,  o Pe Domingos Inácio Machado na sequência de um acidente vascular cerebral, de que foi vítima esta semana.

O sacerdote de 93 anos de idade era o mais velho da diocese e vivia em Ponta Delgada num pequeno apartamento que partilhava com uma irmã e onde celebrava diariamente, numa pequena capela improvisada no prédio.

O Pe Domingos Inácio Machado era natural de Rabo de Peixe e foi ordenado há 70 anos, a 17 de junho de 1945 depois de ter frequentado o Seminário Episcopal de Angra.

Exerceu o seu ministério em várias paróquias da ilha de onde se destacam a do Livramento, na ouvidoria da Lagoa e a da Algarvia, na ouvidoria do Nordeste. Foi também vigário paroquial em São pedro, Ponta Delgada e assistente espiritual das Irmãs de São José de Cluny, também nesta cidade micaelense.

Há dois anos deu uma última entrevista ao Sítio Igreja Açores lembrando que a igreja, apesar dos problemas, como a falta de presbíetros, “é sempre a mesma” e exije dos sacerdotes que sejam “verdadeiros apóstolos”.

O corpo encontra-se em câmara ardente na  Igreja do Livramento onde decorrerão as cerimónias fúnebres, hoje, com eucaristia exequial pelas 16:00 horas.