A partir de segunda feira, dia 6 de novembro, será o novo vigário paroquial destas duas comunidades

“É para servir que somos ordenados e por isso encaro esta minha primeira colocação como algo de muito positivo” diz o diácono Nelson Pereira que a partir de dia 6 de novembro começa a paroquiar no Faial, servindo as comunidades da Matriz da Horta e Flamengos.

O futuro sacerdote, que será ordenado amanhã na Sé de Angra, pelo bispo D. João Lavrador, em declarações ao Igreja Açores afirma que encara “esta nomeação de uma forma positiva” pois “trata-se de servir o povo de Deus”.

O diácono Nelson Pereira, que era até este ano letivo o único aluno do Seminário de Angra natural da ilha Terceira, sublinha, por outro lado, que agora experimenta pela primeira vez a separação de casa e da família o que também “constituirá uma aprendizagem com aspetos positivos”.

“Creio que esta minha vinda para o Faial servirá também para crescer neste sentido. Espero que as comunidades me ajudem” acrescenta.

O diácono Nelson Pereira assumirá também a coordenação pastoral da juventude e catequese em toda a ilha.

“Nós dividimos o trabalho pastoral e a meu cargo fica a questão da catequese e a pastoral juvenil. Estes serão os primeiros desafios: tentar fomentar a pastoral juvenil, o que numa ilha pequena é um desafio… pela falta de jovens” refere o futuro vigário paroquial.

Para o ouvidor da Horta, Pe. Marco Luciano Carvalho, é uma “mais valia” e “representa o reforço do clero da ilha”.

“Ele tem uma postura e uma atitude de quem aprofundou e se fez munir das qualidades essenciais para o trato com as pessoas e para o exercício do ministério, reunindo em si todas as qualidades que se requerem num pastor e num guia de comunidades”, sublinha o Pe. Marco Luciano Carvalho.

“A sua experiência na pastoral juvenil na ilha Terceira, nomeadamente a dinamização do grupo de Jovens de São Mateus é a garantia de que é a pessoa indicada para este serviço que, na Horta, em virtude de haver cada vez menos jovens, está um pouco adormecido”, refere ainda o ouvidor.

“Estou certo de que irá ser recebido por todos de uma forma muito calorosa e aberta” acrescenta lembrando que o grande desafio é “aproveitar o que ele pode dar” mas também “ajudá-lo a crescer como pastor dando-lhe aquilo que ele precisa para isso”.

Paralelamente o futuro sacerdote vai integrar a equipa diocesana do Serviço da Pastoral Litúrgica bem como da Comissão Diocesana de Música Sacra. O diácono Nelson Pereira, o único terceirense a ser ordenado sacerdote nos últimos anos, é organista titular da Sé de Angra e “os seus dotes também nesta área têm de ser aproveitados”, referiu o Pe. Marco Luciano Carvalho.

O diácono Nelson Pereira será ordenado no próximo dia 1 de novembro pelo bispo de Angra, D. João Lavrador, e celebrará a sua Missa Nova na igreja de São Mateus onde se batizou e cresceu para esta vocação.