Encontros realizam-se até quinta-feira, nas três vigararias. Esta quarta-feira é a vez de Angra receber os sacerdotes da vigararia do Centro que integra as ilhas de São Jorge, Graciosa e Terceira


O bispo de Angra D. João Lavrador, e o Vigário Episcopal para a Formação, cónego Ângelo Valadão, estão a orientar a formação prevista para as Jornadas formativas do Clero, que se realizam entre 11 e 13 de setembro nas ilhas do Pico, Terceira e São Miguel, marcando o arranque dos trabalhos do novo ano pastoral.

O lema que serve de mote às orientações diocesanas de pastoral é “Comunidade evangelizada em comunhão missionárias” e as duas conferências previstas para este primeiro encontro aprofundarão a “reflexão conciliar sobre a Igreja Povo de Deus e a participação de todos os fiéis cristãos na vida e missão da Igreja”.

Numa carta convite, enviada a todos os sacerdotes diocesanos, a que o Sítio Igreja Açores teve acesso, D. João Lavrador lembra que o tema escolhido para este novo ano pastoral “exige da parte dos sacerdotes, enquanto pastores e principais responsáveis pela vida pastoral das comunidades cristãs, a renovação permanente e a sintonia com a evangelização segundo as determinações do Concilio Vaticano II”.

Os encontros formativos, que decorrem entre as 10h00 e as 17h00, começaram hoje  na Madalena do Pico, reunindo os 16 sacerdotes da Vigararia Episcopal do Ocidente; no dia 12 tem lugar a jornada na ilha Terceira, no Seminário Episcopal de Angra e destina-se ao Clero da Vigararia do Centro e, finalmente, no dia 13 de setembro, realizam-se as jornadas em São Miguel para o Clero da Vigaria Nascente, no Centro Pastoral Pio XII.

(Com o Pe Gaspar Pimentel)