Iniciativas decorrem de 18 de outubro a 13 de novembro

O Museu de Arte Sacra do Faial está a apostar na promoção de várias atividades formativas no âmbito da Conservação e Restauro, que começam justamente no dia em que se assinala O Dia dos bens Culturais.

Sob o Tema “Faial – Descobrir a história, pensar o futuro”, com a organização da Associação de Turismo Sustentável do Faial e Horta Histórica, a formação passa pela realização de Conferências, Visitas Guiadas e outras atividades .

A primeira delas é no dia 27 de outubro, na Igreja do Carmo, a partir das 20h00, terá lugar uma oficina de conservação, com formação prática sobre cuidados a ter com o manuseamento, limpeza e conservação de objetos artísticos, em particular de Arte Sacra, ministrada por Odília Teixeira e Mónica Gonçalves . Segue-se, no dia 28, também na Igreja, às 18h00, a conferência “A arte sacra e o significado do religioso”, por Sílvia Ferreira.

“O património religioso, móvel e imóvel, constitui um dos mais importantes e vastos acervos histórico-artísticos existentes na ilha do Faial, sendo a sua importância conhecida há décadas e hoje alvo de trabalhos académicos variados” refere uma nota a que o Igreja Açores teve acesso.

“Além de um importante testemunho material da religiosidade popular, representa também um legado das gerações que nos antecederam, sendo particularmente importante num contexto em que grande parte do património, sobretudo do período Moderno, se foi perdendo” conclui a nota postada na página do facebook do Museu (https://www.facebook.com/events/860916694559489?ref=newsfeed)

A conferência partirá de três eixos complementares: o contexto histórico do Património Religioso existente no Faial, o seu significado no âmbito da História da Arte e a sensibilização para questões de conservação e restauro.