Iniciativa é celebrada em toda a diocese

No próximo dia 3 de dezembro, 1º domingo do Advento, realiza-se em várias ouvidorias e paróquias da Diocese de Angra, a oração pela vida nascente com a bênção das grávidas. Na ouvidoria de Ponta Delgada, por exemplo, esta bênção decorrerá na eucaristia das 11h00, na Igreja de S. José.

“A bênção das grávidas pretende ser um momento simples, de especial agradecimento por estas novas vidas, numa celebração em que todas as senhoras grávidas são convidadas a participar” refere uma nota do Serviço Diocesano da Pastoral da Família a que o Sítio Igreja Açores teve acesso.

Esta celebração teve como ponto de partida o desafio lançado em 1995, pelo Papa João Paulo II, na Encíclica Evangelium Vitae, que denunciava o crescente desrespeito pela vida humana e afirmava ser “urgente uma grande oração pela vida que atravesse o mundo inteiro. Que do coração de cada crente se eleve uma súplica veemente a Deus, Criador e amante da vida”.

“Assim, no primeiro domingo do Advento, tempo de esperança e de preparação para a festa do Natal, a Igreja quis associar-se de uma forma particular, às mulheres que se encontram para serem mães”, refere ainda a nota.

“Na maternidade existe um convite singular para amar o Senhor e um convite também a uma maior aproximação a Nossa Senhora, mãe do Menino-Deus, já que, quando uma mulher grávida reza «Bendito o fruto do vosso ventre», partilha com Maria o mistério de uma vida que também sente a crescer em si” prossegue.

“A maternidade é o melhor exemplo do dom sincero e gratuito de si. É o início de um caminho conjunto: mãe e filho, aos quais se associam o pai, os irmãos, os avôs e restante família”, conclui a nota da Pastoral da Família.