Sarau músico-literário conta com a participação do Coro de Câmara de São José e realiza-se hoje

A Paróquia da Covoada, na ilha de São Miguel, celebra no próximo dia 28 de outubro o seu 40º aniversário e para assinalar a efeméride vai promover um sarau músico-literário que contará com uma conferência do Vigário Episcopal para as ilhas de São Miguel e Santa Maria, Cónego Adriano Borges, intitulada “Paróquia: uma casa para todos”.

A sessão solene comemorativa tem lugar na própria igreja paroquial hoje, dia 25 de outubro, e contará, ainda, com uma atuação do Coro de Câmara de São José, dirigido pela maestrina Mariana Leite. As celebrações prosseguem no dia 28 com a Eucaristia solene que será presidida pelo bispo de Angra, D. João Lavrador.

Numa nota a que o Sítio Igreja Açores teve acesso publicada na brochura que assinala este momento festivo, o Cónego Adriano Borges dirige uma palavra a toda a comunidade paroquial ressalvando que a paróquia é “a família espiritual que se oferece a Deus, que ouve o seu chamamento e parte em ajuda ao irmão que sofre”.

O sacerdote, que é licenciado em História da Igreja, recorda que desde os tempos da igreja primitiva a Paróquia é sempre vista como a residência secundária, querendo com isto dizer “que é a segunda casa de cada fiel católico” e que é através da paróquia e do compromisso com a sua vida que conduz o cristão á proximidade a Deus.

“É na paróquia que nos tornamos membros da igreja de Cristo, que é chamada  a salvar não somente a cada um de nós  como indivíduos, e às nossas famílias e comunidades, mas também o mundo inteiro, guiados pela palavra e pelo Reino que dá de vir” e , por isso, é muito mais do que um simples lugar; pressupõe comunhão e compromisso.

Embora reconheça que celebrar 40 anos numa diocese que leva quase 500 anos de história possa ser apenas um gesto simbólico, o sacerdote sublinha o momento festivo que esta comunidade vive lembrando que estes momentos são “sempre um marco” na vida de uma comunidade, que espera se traduza “num momento de união e fortalecimento da fé” de forma a “enriquecerem o nosso mundo com os valores do Evangelho”.

A paróquia da Covoada foi criada a 28 de outubro de 1977, com a invocação de Nossa Senhora da Ajuda. 20 anos depois, a 8 de dezembro, foi criado e inaugurado o Centro Pastoral de Nossa Senhora da Ajuda, que este ano celebra o 20º aniversário. De referir que a paróquia é anterior à criação da junta de freguesia.

O primeiro lugar de culto foi uma pequena ermida, fundada por Gaspar de Medeiros, que durante muitos anos foi propriedade particular. Só passou para a tutela da diocese a 17 de junho de 1847. As obras de ampliação da primitiva ermida, que determinaram a dimensão da igreja até março de 1958, decorreram ainda no final do século XIX. Nesse ano ocorreu um incêndio que haveria de levar a novas obras, obrigando à construção de uma nova capela-mor da igreja. Desde que é paróquia, a Covoada teve três parócos:  Pe Dinis Vieira Anselmo, Pe João Luciano Rodrigues e Cónego José Medeiros Constância, que é o atual paróco, desde 2010.