Pelo P.e José Júlio Rocha.

Todos se maravilhavam com a sua doutrina, porque os ensinava com autoridade e não como os escribas. (Marcos 1, 22)
Essa autoridade de Jesus não é outra coisa senão o Seu exemplo. A autoridade de um líder não está no facto de ele mandar, mas no exemplo que dá.
Também nas nossas famílias, a autoridade de um pai ou de uma mãe não está no facto de terem poder sobre os filhos, mas na coerência entre as suas palavras e os seus atos. Autoridade e autoritarismo são opostos.
É por isso também que Jesus deve pertencer às nossas famílias.