Instituto quer desenvolver formação inicial para padres diocesanos no carisma do padre Chevrier

O Padre Emanuel Valadão Vaz acaba de ser reconduzido coordenador do Prado em Portugal por mais quatro anos. A decisão foi tomada na Assembleia que terminou esta sexta-feira, na Casa de  Oração de Santa Rafaela Maria, Palmela, diocese de Setúbal.

Nesta Assembleia foi aprofundado o tema “Como viver o carisma do Prado no interior do presbitério diocesano, o que significa, o que lhe é específico”.

“Na primeira parte da Assembleia pusemos em comum as marcas que trazemos nas nossas vidas de pastores do Senhor Jesus crucificado e ressuscitado, que compartilhamos com o Povo de Deus a que um dia fomos chamados a servir e a amar à maneira do nosso mestre Jesus Cristo, referência máxima do nosso ministério, sob a mediação da Igreja e em estreita comunhão com os presbitérios de cada uma das dioceses em que estamos inseridos”, informa uma nota enviada ao Igreja Açores.

Nesta primeira etapa estiveram presentes os padres que, embora não tendo compromisso no Instituto do Prado, participam  nos encontros que o Prado realiza regularmente para estudar o Evangelho, “com o objetivo de conhecer, amar e seguir Jesus Cristo mais de perto à maneira do padre Chevrier”.

“Refletimos que o carisma do Prado anima o presbitério diocesano, ajudando a passar de um sacerdócio funcional a um sacerdócio mais existencial e missionário. Este carisma vai ao encontro das inspirações do Concílio Vaticano II e do Magistério do Papa Francisco e que se traduzem nos seguintes pontos: “Conhecer Jesus Cristo é tudo”; “Ter o Espírito Santo de Deus é tudo”; “Evangelizar os pobres é o único necessário””, refere ainda a organização.

Do plano de atividades aprovado consta a proposta de avançar com a formação inicial, nas dioceses de Angra, Coimbra e Setúbal, para ajudar os padres simpatizantes do Prado a viver um processo de discernimento para melhor responder ao chamamento de Deus. Além disso, pretende-se promover um encontro de formação para os formadores, orientado pelo Prado Internacional bem como fortalecer o acompanhamento dos Leigos que partilham com os padres o carisma do Prado.

Nesta Assembleia foram ainda lembrados os dois sacerdotes que faleceram,   os padres Manuel Soares e Avelino Cardoso.