Equipas da Cultura e da Comunicação já estão criadas

As equipas da Cultura e da Comunicação do Movimento de Romeiros de São Miguel  já estão criadas e a trabalhar no terreno

O objetivo é “recolher, sistematizar e divulgar” os aspetos históricos e vivenciais deste Movimento ancestral da ilha de São Miguel que envolve cerca de 2500 homens que anulamente saem para a estrada em romaria quaresmal, nos 54 ranchos que existem na ilha

O Grupo Coordenador que, desde que tomou posse há dois anos quer implementar uma maior formação dos romeiros, quer na componente espiritual e religiosa quer na componente social, projetando o trabalho e a participação dos romeiros na vida das suas comunidades, está agora empenhado na criação de grupos de trabalho mais pequenos mas abertos ao contributo de todos, por forma a recolher e sistematizar a informação relativa à história do movimento.

Esta terça feira reuniu-se pela primeira vez o grupo de trabalho da cultura composto por cinco Romeiros- Paulo Borges do Rosário, Luís H. Bettencourt de S. José, Filipe Pacheco e Raúl Medeiros de S. Pedro e Tito de Santa Clara- que teve lugar na sede do rancho de Romeiros de São Pedro, em Ponta Delgada, com a participação do Coordenador do Movimento, João Carlos leite.

“Foram definidas as linhas orientadoras de trabalho deste grupo da Cultura, visando fazer um levantamento e recolha, de todo o material existente relativo à história e vida deste Movimento: imagens, som, documentos, relatos, indumentárias, acessórios, etc,  com o intuito final de criar um registo e um espólio dos quase 500 anos de vida das Romarias Quaresmais de S. Miguel assim como poder partilha-lo com a comunidade”, diz uma nota do Grupo enviada ao Sítio Igreja Açores esta quarta feira.

Tmabém já foi constituída a equipa da comunicação, composta por Nuno Rodrigues, mestre Romeiro de S Roque, Norberto Silveira, de S. Roque, Emanuel Correia e Hélio Medeiros,   de Vila Franca do Campo.

Este Grupo de Trabalho, que está ativo desde o inicio das romarias quaresmais é o responsável pela elaboração do boletim O Romeiro, publicado mensalmente na Crença; gere o Sítio da internet do Movimento de Romeiros de São Miguel e as redes sociais a ele associadas.

Além destas duas equipas, o Grupo Coordenador tem planeado um cojunto de formações ao nível espiritual e religioso bem como social, nomeadamente a vivência e dinâmica de grupo, a liderança, entre outros.