A Semana da Vida começa este domingo e prolonga-se até dia 16

A Igreja celebra deste domingo, até dia 16 de maio, a Semana da Vida centrada no cuidado nas suas diferentes dimensões: a família, os jovens, os idosos e a natureza.

A diocese de Angra vai  participar nas diferentes conferências, que se passarão em ambiente digital, promovidas pela Pastoral Familiar a nível nacional. A primeira iniciativa acontece já este domingo, a partir das 15h00 (mais uma que nos Açores), na Capelinha das Aparições, em Fátima, com um momento de oração mariana que será transmitido online e conta com a comunhão de todos os secretariados diocesanos. A celebração será presidida pelo bispo de Santarém, D. José Traquina.

As celebrações estão centradas no “cuidado” lembra o assistente diocesano da Serviço Diocesano da Pastoral da Família, padre Francisco Zanon.

“Somos todos convidados a cuidar desta vida que é bem quista por Deus”, refere o sacerdote em declarações ao Igreja Açores.

“Cuidar e educar os nossos jovens, não só na relação pais-filhos mas também no seio da comunidade, que deve estar atenta e estimular o despertar de novas vocações. E, depois, os idosos: é preciso cuidar deles. São dois temas de fundamental importância que vamos discutir e sobre os quais se impõe uma reflexão” esclarece.

O Secretariado Nacional lembra que este formato de conferências destina-se a chegar a vários públicos e espera que seja uma interpelação forte, redescobrindo o quanto vale a vida que é superior em relação a qualquer situação mesmo em contextos pandémicos”, afirmou o padre Francisco Ruivo.

O tema desta semana de 2021, “A vida que nos toca – A vida que sempre cuidamos”, pretende abordar e tocar todas as fases da vida e o próprio ambiente, um desafio e interpelação permanente.

“A grande preocupação é percebermos como a pessoa de Jesus toca a nossa vida, que é dom que nos é concedido para por ao serviço do próximo, conduz-nos a cuidar do outro e do nosso ambiente, a vida só faz sentido nesta dimensão”, acrescenta o sacerdote em declarações à Agência Ecclesia.

O padre Francisco Ruivo recorda que o Papa Francisco lançou recentemente o desafio de “celebrar o dia do idoso” e nesse contexto surge a dimensão “que é o tesouro das famílias, os avós”.

Com um programa vasto para cada dia da semana, o responsável revela que a “grande riqueza deste programa foi o contributo das diferentes dioceses” e que pode ser consultado e concretizado nas “semanas consecutivas”.

“Não foi só o departamento mas tentámos envolver o maior número de dioceses e movimentos da Igreja e, neste guião, encontramos o trabalho de muita gente que quer tocar um público alargado, esse é um desafio permanente da Igreja”, aponta.

A Semana da Vida 2021 convida a “cuidar” da casa comum, da vida que nasce, a “cuidar e educar os filhos”, a cuidar dos jovens, dos idosos e da família.

O Departamento Nacional da Pastoral Familiar publicou no seu novo sítio um guião com diversas sugestões de oração, propostas culturais e de ação para cada dia, de 09 a 16 de maio, dinamizando ainda webminars, com os departamentos diocesanos, uma conferência com D. António Couto, bispo de Lamego, e partilhando vídeos com testemunhos.

Cada dia da Semana da Vida 2021 vai começar com um vídeo de introdução ao tema específico do dia, por D. José Tolentino Mendonça, cardeal e poeta português.