Início da 72.ª Assembleia-Geral da ONU serviu como pano de fundo para novo «tweet» de Francisco

O Papa Francisco alertou hoje para as “escravidões” modernas numa mensagem publicada no dia em que começou a 72.ª Assembleia-Geral da ONU.

“Trabalhemos juntos para encontrar soluções concretas para os pobres, refugiados, vítimas das modernas escravidões e para promover a paz”, escreveu o pontífice na sua conta na rede social Twitter.

O debate geral anual da 72.ª Assembleia-Geral da ONU começou esta terça-feira na sede da organização, em Nova Iorque, EUA.

Na terça-feira, um estudo da Organização das Nações Unidas e da Organização Internacional do Trabalho informava que 40 milhões de pessoas em todo o mundo ainda são vítimas de formas de escravatura; outras 152 milhões de crianças são obrigadas a trabalhar.

(Com Ecclesia)