Bispo de Angra publica Nota Pastoral no âmbito das duas ordenações sacerdotais que decorrem a 1 de julho em Santa Cruz das Flores e a 1 de novembro em Angra

O bispo de Angra acaba de publicar uma Nota Pastoral no contexto das duas ordenações sacerdotais diocesanas previstas para o verão, a 1 de julho em Santa Cruz das Flores, e no inicio do outono, a 1 de novembro, em Angra do Heroísmo.

“A ordenação de dois jovens, que deste modo entregam a sua vida a Jesus Cristo, deve despertar em todas as crianças, adolescentes e jovens da nossa diocese o desejo de escutarem a voz de Jesus Cristo que chama e espera deles uma resposta ao Seu apelo” refere D. João lavrador na Nota Pastoral a que o Sitio Igreja Açores teve acesso.

O prelado, que vai ordenar o segundo e terceiro sacerdotes desde que é bispo de Angra, há pouco mais de um ano, desafia as comunidades a refletirem sobre o sentido da vocação de forma a “valorizar a vocação sacerdotal”.

“Esta é uma boa ocasião para na família, na catequese e nos grupos e movimentos juvenis se valorizar a vocação sacerdotal e despertar o gosto pelo seguimento total de Jesus Cristo na consagração”, sublinha D. João Lavrador pedindo um maior compromisso de todos no despertar destas vocações.

“Acolhendo e agradecendo este dom de Deus é também exigência de maior compromisso de cada família e cada comunidade cristã em viverem profundamente as exigências da sua fé professada e testemunhada. Bom seria que a diocese, em todos os seus diocesanos e paróquias, movimentos e grupos sentisse o impulso renovador e evangelizador que brota do mandato divino e que a todos deve atingir”.

A partir do seu próprio lema de episcopado, o bispo de Angra recorda que o caminho do sacerdócio é um caminho de “perfeição” e lembra a este propósito do Evangelho de Mateus, que narra essa interpelação a Jesus, de um jovem que queria ser feliz: “vai, partilha os teus bens com os pobres, vem e segue-me (cfr. Mt.19, 21)”.

“Na verdade, este é o caminho da perfeição que não desilude. Esta é a proposta que Jesus Cristo lança a cada jovem que se deixa encontrar por Ele”, destaca o prelado.

“Na alegria desta festa, que deve atingir toda a Igreja diocesana, brota do nosso ser um hino de louvor e acção de graças ao Senhor pelas maravilhas que vai realizando no meio de nós oferecendo-nos o maior de todos os dons na pessoa destes dois jovens que em breve serão novos sacerdotes”, prossegue.

Por isso, D. João lavrador convida todos os diocesanos a “unirem-se em oração ao Senhor, louvando-O e pedindo-Lhe a Sua permanente presença na vida daqueles que vão ser ordenados para que sejam Pastores segundo o coração de Deus e que imitem a Jesus Cristo o Bom Pastor que dá a vida pelas Suas ovelhas”.

O bispo de Angra vai ordenar mais dois novos sacerdotes. Os diáconos Jacob Vasconcelos (Ponta Delgada das Flores”) e Nelson Pereira (São Mateus da terceira) têm 23 anos e frequentam o sexto ano do Seminário Episcopal de Angra.