Diocese de Angra em comunhão com o luto da Diocese de São João da Boa Vista, no Brasil, pela morte do seu bispo emérito

O bispo de Angra afirmou esta manhã numa nota enviada à Diocese de São João da Boa Vista, no Brasil, que foi com “profunda tristeza” que recebeu a noticia da morte de Dom David Dias Pimentel, atualmente Bispo emérito desta diocese brasileira.

O prelado faleceu esta terça- feira no hospital vitima do covid 19.

O prelado, que completava 80 anos na próxima quinta-feira, era natural da Algarvia, no Nordeste, ilha de São Miguel de onde saíu na juventude.

Embora tenha sido ordenado presbítero e posteriormente de Bispo no Brasil, para onde emigrou em criança, “nunca deixou de estar ligado pelo afeto e pela naturalidade aos Açores” refere D. João Lavrador sublinhando que o sentimento da paróquia e da comunidade era recíproco.

“Reconhecendo a sua vasta obra missionária em terras brasileiras, o seu testemunho de apóstolo incansável e a sua notável inteligência e profunda fé, rogamos ao Senhor da Vida que o tenha nos Seus braços de Pai e lhe conceda a Vida Eterna” refere a nota do bispo de Angra..

Quarto bispo da diocese brasileira, D. David  Dias Pimentel nasceu em 18 de Março de 1941. Foi ordenado presbítero em 21 de dezembro de 1969, em São José do Rio Preto (SP), e bispo em 31 de Janeiro de 1997 também em São José do Rio Preto. A sua posse em São João deu-se no dia 25 de Março de 2001, tendo liderado esta diocese até setembro de 2016.

O lema episcopal  “Servir, não ser servido” traduziu o ministério de Dom David junto ao povo de Deus no Brasil, especialmente no Estado de São Paulo, terra que adotou como sua morada.