Centenas de fiéis participaram no encerramento das festas em honra de Nossa Senhora da Saúde nos Arrifes

Realizou-se na noite desta terça-feira uma procissão de velas na paróquia Nossa Senhora da Saúde nos Arrifes, uma iniciativa inédita que juntou centenas de fiéis a percorrer algumas ruas da paróquia.

Esta procissão surgiu por decisão do pároco Davide Barcelos, uma vez que devido às condições meteorológicas adversas registadas no fim de semana, a procissão com a veneranda imagem de Nossa Senhora da Saúde foi cancelada.

Apesar de não fazer parte da tradição das festas e não estar na programação, a comunidade aderiu em peso a esta iniciativa, quer através da participação na procissão, quer na realização dos tapetes, quer ainda no respeito mostrado pelos moradores das ruas por onde a veneranda Imagem passou, refere a paróquia em nota enviada a Igreja Açores.

A palavra final foi proferida pelo Padre Ricardo Lameira da Diocese de Évora, que presidiu a todas as celebrações durante estes dias. Numa breve reflexão, o sacerdote enalteceu a participação e a fé daqueles que incorporaram a procissão, comparando o evento às tradicionais procissões de velas realizadas no Santuário de Fátima, numa união de fé na Virgem Maria.

No encerramento das festas o pároco Davide Barcelos agradeceu ainda o trabalho e a dedicação de todos os que estiveram envolvidos na concretização das festas, destacando o esforço de todos na superação do imprevisto da não realização da procissão do domingo, como é tradição.

 

(Com Lilia Almeida)