Cerimónia tem lugar na segunda feira do Espírito Santo.

A Assembleia Legislativa dos Açores aprovou, por unanimidade, a atribuição de 27 insígnias honoríficas no Dia da Região, na próxima segunda-feira, a personalidades como o Pe Coelho de Sousa, a ex-ministra Gabriela Canavilhas e a duas instituições de cariz social-  a Cáritas da ilha Terceira e o Banco Alimentar contra a Fome de São Miguel.

 

São dez as personalidades que vão receber a Insígnia Autonómica de Reconhecimento, a segunda na hierarquia destas distinções atribuídas pela Região Autónoma e que reconhece “os atos ou a conduta de excecional relevância” de personalidades que “valorizem e prestigiem” os Açores “no país ou no estrangeiro”, que “contribuam para a expansão da cultura açoriana ou para o conhecimento dos Açores e da sua história” ou que se distingam “pelo seu mérito literário, científico, artístico ou desportivo”.

 

O Padre Manuel Coelho de Sousa, ex diretor do extinto jornal católico A União (a título póstumo), a ex-ministra da Cultura e atual deputada do PS Gabriela Canavilhas, o autor de “Ilhas de Bruma” – considerado um hino não oficial dos Açores -, Manuel Medeiros Ferreira (que morreu este ano), e o anterior reitor da Universidade dos Açores, Jorge Medeiros, são algumas das personalidades que receberão a Insígnia Autonómica de Reconhecimento.

 

Nesse grupo de dez personalidades está, ainda, o professor universitário e presidente do Instituto de Direito Económico-Financeiro e Fiscal da Faculdade de Direito de Lisboa, Eduardo Paz Ferreira, considerado um dos pais da lei das finanças regionais, e a investigadora Fátima Sequeira Dias, a quem é atribuída a insígnia a título póstumo.

 

O parlamento açoriano decidiu atribuir mais 17 insígnias de mérito a outras tantas personalidades de diversas áreas e a instituições como o Banco Alimentar Contra a Fome de São Miguel e a Caritas da Ilha Terceira.

 

O Dia da Região Autónoma dos Açores, que é feriado regional, celebra-se sempre na chamada Segunda-feira do Espírito Santo, que este ano corresponde ao dia 09 de junho.

 

A data será assinalada com uma sessão solene que contará com intervenções do presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, e da presidente da Assembleia Legislativa Regional, Ana Luís.

 

O local escolhido este ano para as cerimónias do Dia da Região é o concelho do Nordeste (ilha de São Miguel), que celebra 500 anos em 2014.

 

O Dia dos Açores foi instituído pela Assembleia Legislativa em 1980 para comemorar a açorianidade e a autonomia regional.