Professor Eduardo Melo dá a conhecer a vida e obra do pároco da Achada do Nordeste

A vida e a obra do Pe. José Agostinho Sousa Barreiro, está a ser compilada num livro da autoria de Eduardo Melo e que vai ser lançado no dia 11 de maio, pelas 20h30, no Salão da Casa do Povo da Achada.

De acordo com uma noticia publicada no jornal Correio dos Açores o livro, de 120 páginas apresenta, um variado leque de testemunhos de diversas entidades sobre a vida sacerdotal e docente deste pároco que exerceu durante a maior parte da sua vida na freguesia da Achada.

A apresentação estará a cargo do ex presidente da Câmara Municipal do Nordeste, José Carlos Carreiro. No final, está previsto um breve momento musical com músicos nordestenses.

O padre José Agostinho Sousa Barreiro  nasceu na freguesia da Lomba da Maia, concelho da Ribeira Grande, no dia 8 de março de 1937. A sua missa nova foi celebrada no dia 1 de julho de 1962, sendo depois nomeado pároco da Lomba de S. Pedro, concelho da Ribeira Grande, pelo então bispo, D. Manuel Afonso de Carvalho. Foi também pároco na Ribeira Funda, concelho da Ribeira Grande.

Partiu para Moçambique, na qualidade de capelão militar, no dia 3 de agosto de 1967 e aqui prestou serviço como capelão militar até 14 de abril de 1970.

Tendo regressado à sua ilha, no dia 11 de novembro de 1970, iniciou as suas funções de pároco na freguesia da Achada, onde exerceu o ministério até ao passado mês de março.

Foi professor da Telescola durante oito anos, entre 10 de outubro de 1974 e 30 de setembro de 1982, tendo exercido as funções de monitor na Achada. Seguidamente, em 29 de Outubro deste mesmo ano de 1982, passou a exercer a sua actividade letiva na então Escola Preparatória do Nordeste.

Em 1984 passou a lecionar a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica até 1999.