Vila baleeira do Pico prepara-se para receber o “domingo de Lourdes”

Decorre desde quarta feira passada o novenário preparatório da Festa de Nossa Senhora de Lourdes, na vila beleeira das Lages do Pico, cujo ponto alto se celebra este fim de semana.

A pregação do novenário, que começou como é tradição na Igreja do Convento de São Francisco até à procissão de velas no domingo passado,  altura em que a festa passou  para o templo principal da Vila das Lages- a Igreja Matriz- é repartida por dois sacedortes: o Pe Pedro Aguiar, recentemente ordenado, que celebrou a sua missa nova nas Lages, no passado dia 12 de julho e o Cónego Hélder Miranda Alexandre, Reitor do Seminário Episcopal de Angra, que o ano passado devido a problemas de saúde não pode presidir às festas, como estava incialmente previsto. O primeiro pregou os primeiros dias do novenário até hoje; o segundo assegurará o resto da novena e presidirá às festas.

A novidade, este ano, prende-se com o facto de , pela primeira vez, em 50 anos, o tradicional “Sermão da Pesqueira”, feito a meio do percurso da Procissão Solene do domingo de Lourdes, junto ao Cruzeiro, de onde partiam os botes baleeiros para a caça da baleia, ser proferido por um sacerdote natural da vila das Lages do Pico, o Pe Pedro Aguiar.

No sábado, dia 29, pelas 11h00 realiza-se a Procissão da Matriz para o Caneiro, com a paragem da imagem de Nossa Senhora de Lourdes em, frente ao monumento do baleeiro; segue-se a Procissão Marítima e Procissão de regresso à Matriz.

Trata-se de uma tradição, que vem desde 1883, com a realização de uma procissão marítima onde se presta homenagem a Nossa Senhora de Lourdes e em que os baleeiros vivos geralmente deixam um testemunho do que era a caça à baleia e a proteção que pediam a Nossa Senhora.

No dia 30, pelas 16h00 celebra-se a Solene Eucaristia, concelebrada por vários sacerdotes e presidida pelo Pe Hélder Miranda Alexandre , seguindo-se a Procissão em honra da Senhora de Lourdes, com o habitual sermão junto do Porto sobre um Bote Baleeiro, que será pregado pelo jovem sacerdote Pedro Aguiar.

A par do programa religioso haverá um conjunto de atividades culturais e recreativas associadas à Semana dos Baleleiros, uma das festas de verão mais emblemáticas dos Açores.

A Festa de Nossa Senhora de Lourdes é a mais importante do concelho das Lajes, do ponto de vista religioso, e uma das mais antigas dos Açores.

“A igreja tem estado sempre aberta para acolher os inumeros visitantes que as Lages têm nesta altura do ano e temos colaborado em tudo o que é necessário para que esta festa decorra da melhor maneira”, disse ao Sítio Igreja Açores o Pároco, Pe João Bettencourt das Neves.

O sacerdote que organiza pelo segundo ano consecutivo esta festa sublinha que apesar a organização das actividades culturais e recreativas já não ser uma responsabilidade da Paróquia, “que apenas é responsável pela organização dos momentos religiosos da festa de Nossa Senhora de Lourdes”, a igreja “está sempre disponível para dar o melhor que pode e é isso que procuramos fazer”.